Entre na onda da Dieta Mediterrânea

Share on facebook
Share on twitter

Recentemente, os amantes da boa comida receberam uma excelente notícia: pesquisas realizadas pelo Hospital das Clínicas da Universidade de Barcelona revelaram que a dieta mediterrânea reduz em até 30% a chance de se desenvolver doenças relacionadas ao coração, como, por exemplo, o infarto, uma das causas que geram mais mortes no Brasil e no mundo, além de evitar o até mesmo o câncer.

Mas o que há de tão especial nessa dieta? A resposta é simples e não é nada além do que você sempre encontra aqui mesmo no blog “Eu Bem Melhor”: o segredo é comer bem e de forma equilibrada, recheando o prato do dia a dia com grande variedade de peixes, grãos, legumes, verduras, nozes, castanhas e, claro, óleos extravirgens.

E o que esses alimentos têm em comum? Além de serem ricos em vitaminas, a maioria desses ingredientes são fonte de gorduras boas, monoinsaturadas e poli-insaturadas. Por isso, quem segue a dieta do mediterrâneo ingere uma grande quantidade de ácidos graxos essenciais, que são os tipos de gorduras que precisam estar em nossas células para o bom funcionamento de todo o organismo.

O resultado disso é claro, assim como mostrou a pesquisa: diminuição das taxas do colesterol ruim, aumento das taxas do bom colesterol, redução de triglicérides no sangue, além de efeitos anti-inflamatórios, prevenindo e controlando várias doenças.

Óleos naturais

Clique na imagem conheça outros tipos tipos de óleos extravirgens da Dieta Mediterrânea

Se você está a fim de entrar na onda da dieta mediterrânea, uma boa dica para a sua alimentação são os óleos naturais extravirgens. É que não é apenas o azeite de oliva que traz benefícios à saúde. Outros tipos de óleos naturais extraídos a frio, como o Óleo de Linhaça, Óleo de Gergelim e o Óleo de Noz-Macadâmia  também apresentam grandes quantidades de ômegas, podendo auxiliar a saúde de todo o corpo.

Além disso, como os povos mediterrâneos comem muitos frutos do mar, outra boa opção são os óleos de peixe em cápsula, riquíssimos em ômega 3, podendo auxiliar na saúde de todas as células do corpo.

4 comentários em “Entre na onda da Dieta Mediterrânea”

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Já ouviu falar dos antioxidantes sesamina e sesamolina?

Sabe aquele gergelim que você conhece, geralmente usado sobre os pães? Além de enfeitar os alimentos e dar um gostinho especial, o óleo extraído a frio deste alimento traz vários benefícios para a saúde!

Entre seus compostos estão dois ácidos graxos polinsaturados antioxidantes, a sesamina e a sesamolina, que podem melhorar as funções cardíacas, o sistema imune e até ajudar no emagrecimento.

Deu branco? Pode ser falta de ômega 3!

Nosso cérebro é mesmo uma supermáquina. Ele consegue guardar infinitas informações que usamos – ou não! – em nosso dia-a-dia. Porém, quem já nunca aquela

Gordura que emagrece

É possível emagrecer comendo gordura? A resposta é sim! Com uma dieta equilibrada com os tipos corretos de gorduras e exercícios físicos feitos na medida