Ômega 3: conheça os benefícios para a saúde do coração

Todo mundo já ouviu falar que o ômega 3 faz bem para a saúde, certo? Mas você sabia que ele pode auxiliar - e muito - na saúde do nosso coração? Nesse texto, vamos abordar os principais benefícios desse óleo para o sistema cardiovascular. Mas antes, falaremos um pouquinho sobre o coração.
Share on facebook
Share on twitter

Todo mundo já ouviu falar que o ômega 3 faz bem para a saúde, certo? Mas você sabia que ele pode auxiliar – e muito – na saúde do nosso coração?

Nesse texto, vamos abordar os principais benefícios desse óleo para o sistema cardiovascular. Mas antes, falaremos um pouquinho sobre o coração.

Fique de olho no coração

Segundo estudos da OMS (Organização Mundial de Saúde), a principal causa de morte no mundo são os doenças cardiovasculares. Para sermos mais exatos, as mortes por doenças associadas ao coração representam 30% das mortes globais. Outro dado importante é que 80% dessas mortes acontecem em países de média e baixa rendas – como o Brasil. (1)

A base para as doenças cardiovasculares é o acúmulo de gordura, cálcio e outras substâncias nas artérias e veias, conhecida como aterosclerose. O grande problema é que a aterosclerose se desenvolve de forma silenciosa, e, quando se manifesta, pode ser tarde demais. (1)

Problemas como o infarto e o acidente vascular encefálico estão associadas com determinantes fatores de risco cardiovascular, como a obesidade, hipertensão arterial sistêmica, diabetes etc. (1)

Fora isso, a aterosclerose se qualifica por um processo inflamatório crônico na parede vascular, além de elevar os marcadores inflamatórios séricos, o que está relacionado a eventos cardiovasculares. (1)

E como prevenir essas doenças? Controlar a pressão arterial, por exemplo, diminui a chance de eventos cardiovasculares. Além disso, quando falamos sobre os processos inflamatórios, medicamentos e mudanças no estilo de vida – como a alimentação – podem ajudar a limitar o processo de inflamação. (1)

omega-3-conheca-os-beneficios-para-a-saude-do-coracao

E como o ômega 3 pode ajudar a evitar doenças cardiovasculares?

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o ômega 3 pode ter um efeito estabilizador no coração, sendo responsável por diminuir a frequência cardíaca de pessoas que possuam a predisposição a ter arritmias ou frequência cardíaca anormal. (2)

Estudos mostraram também que, ao aumentar o consumo de ômega 3 na dieta – seja por meio de alimentos ou na ingestão de suplementos alimentares à base de óleo de peixe -, houve uma redução de ataques cardíacos e de mortes súbitas. (2)

O ômega 3 também age como um importante aliado ao coração por ter propriedades anti-inflamatórias e imunomoduladoras. Por ter essa propriedade anti-inflamatória, ele acaba sendo eficaz diretamente sobre eventos hipertensivos. (2)

Há evidências também de que o óleo de peixe seja responsável por diminuir a pressão sanguínea. Apesar do efeito ser pequeno, inserir peixe na dieta pode ajudar quem tem pressão alta – mas isso não substitui o uso de medicamentos e outras mudanças na dieta. Substituições na alimentação são bem-vindas: trocar carne vermelha por peixe, por exemplo. Mas lembre-se de evitar peixes mais salgados como o salmão defumado. (2)

A qualidade da gordura ingerida influencia diretamente as concentrações de lipoproteínas plasmáticas e o processo inflamatório e, de acordo com a IV Diretirz Brasileira de Dislipidemia, o ômega 3 pode ajudar a reduzir a síntese hepática dos triglicerídeos e aumentar discretamente o HDL. (3)

Em pessoas que possuem doença arterial coronária, demonstrou-se que a suplementação de 1g/dia de ômega 3 foi capaz de reduzir em 10% eventos cardiovasculares, como morte, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. O que indica que esse ácido graxo pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento de hipertrigliceridemia. (3)

Outro ponto muito importante é que o óleo de peixe pode diminuir ou impedir o risco de doenças do coração. Isso acontece porque ele pode reduzir a coagulação sanguínea e as arritmias ventriculares, além dos distúrbios vasculares. (2)

omega-3-conheca-os-beneficios-para-a-saude-do-coracao

Onde encontrar o ômega 3?

O ômega 3 pode ser encontrado em peixes como atum, anchova, salmão e sardinha – e os peixes são as principais fontes desse óleo. É possível também encontrá-lo em plantas e em algas marinhas. (4)

Também é possível consumir suplementos que possuem ômega 3. Nesse caso, é sempre importante ficar atento à qualidade do óleo, procurando produtos livres de metais pesados, com garantia de procedência e altas concentrações desse ácido graxo.

Antes de inserir qualquer suplemento na sua dieta, procure orientação de um profissional. Somente ele poderá te orientar sobre a quantidade ideal de consumo diário e como isso deve ser feito.

FONTES:
  1. SANTOS, R.D. et al . I Diretriz sobre o consumo de gorduras e saúde cardiovascular.Arq. Bras. Cardiol.,  v. 100, n. 1, supl. 3, p. 1-40, São Paulo,   2013. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2013000900001&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 23 out. 2020.
  1. GOMES, Raimundo Nonato Silva et al. Ácido graxo ômega-3 na prevenção e tratamento da hipertensão arterial sistêmica. Higiene Alimentar, v. 30, n. 256/257, p. 33-37, 2016. Disponível em <http://docs.bvsalud.org/biblioref/2016/08/1359/separata-33-37.pdf>. Acesso em 23 out. 2020.
  1. CASANOVA, Marcela A.; MEDEIROS, Fernanda. Recentes evidências sobre oa ácidos graxos poli-insaturados da família ômega-3 na doença cardiovascular. Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto, Rio de Janeiro, 2011. Disponível em <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistahupe/article/view/8869/6750>. Acesso em 23 out. 2020.
  1. MEG-3 Trust the source. Ômega-3. Disponível em https://www.meg-3.com/pt_BR/omega-3s.html>. Acesso em 23 out. 2020.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Ômega 3: conheça os benefícios no tratamento do Autismo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), mais conhecido como autismo, é um termo que caracteriza uma condição neurodesenvolvimental que atinge o funcionamento do cérebro, podendo causar desordens comportamentais normalmente apresentadas nos primeiros anos de vida da pessoa. (1)

Por que as crianças precisam de DHA?

Os ácidos graxos essenciais são cruciais para uma boa saúde e desenvolvimento das crianças, mais especificamente o DHA.

O DHA é importante para o desenvolvimento cerebral e ocular e função ao longo das etapas da vida, mas é particularmente importante durante os dois primeiros anos de vida e primeira infância.

DHA: essencial para o desenvolvimento do seu filho

Quais pais não gostam de ver seus filhos crescendo saudáveis e inteligentes? Desde que os bebês nascem, eles ficam atentos a todos os sinais de desenvolvimento e comemoram, com alegria, cada coisa nova que os pequenos aprendem, não é mesmo?