Alimentos que fazem parte da medicina preventiva

Share on facebook
Share on twitter

Você certamente já ouviu falar sobre medicina preventiva. Essa é uma especialidade da medicina, cujo objetivo central é prevenir doenças ou lesões ao invés de curá-las ou tratar seus sintomas. Sua origem vem dos povos orientais, campeões quando o assunto é longevidade.

Para a medicina preventiva, é vital cuidar da saúde para que o corpo não adoeça, diferentemente dos costumes ocidentais, em que se remedia a doença, quando essa já acometeu o corpo.

Entre os principais hábitos de quem segue a medicina preventiva estão exercícios terapêuticos, movimentos corporais e, claro, cuidados com a alimentação. Assim, adeptos desse estilo de vida saudável procuram não consumir alimentos industrializados, pobres em vitaminas e minerais e ricos em calorias.

Já os alimentos funcionais, que podem auxiliar na melhora do metabolismo e na prevenção de problemas de saúde, têm grande valor dentro da medicina preventiva. Conheça alguns:

– Óleo de orégano: entre as principais propriedades biológicas do óleo de orégano destacam-se as atividades antibacteriana, antimicótica e antiviral. De acordo com especialistas, o orégano pode auxiliar a combater bactérias, como a Helicobacter pylori, que pode ser encontrada no estômago de pacientes que sofrem de gastrite crônica. Outro benefício do óleo de orégano é poder auxiliar na inibição de fungos como o Candida albicans, responsável pela candidíase;

– Pimentão, canela, cravo e grãos de mostarda: assim como o óleo de orégano, esses alimentos podem atuar como fungicidas, inibindo a proliferação de fungos causadores de doenças renais;

Óleo de coco: muitas pessoas conhecem o óleo de coco apenas pelos benefícios para perda de peso. Porém, esse alimento, rico em ácidos graxos semelhantes ao leite materno, também pode auxiliar no combate a vírus, bactérias e fungos, ajudando na proteção do corpo contra doenças.

Óleo de linhaça: o óleo de linhaça é rico em ômega 3 de origem vegetal, um nutriente essencial para o bom funcionamento do corpo. Um dos principais destaques do ômega 3, encontrado no óleo da linhaça, é sua propriedade anti-inflamatória natural, que pode auxiliar na prevenção de várias doenças de pele e até no combate da síndrome do olho seco.

2 comentários em “Alimentos que fazem parte da medicina preventiva”

  1. Concordo com as informações acima, gosto muito dos produtos da vitalatman, no entanto discordo do oleo de linhaça com relação ao omega-3. O omega 3 da linhaça é o ALA que não é o melhor para o organismo humano. O omega 3 ideal é o do oleo de peixe DHA e EPA. O ALA não é absorvido pelo orgasnismo. Opinião de grandes especialista.

    Responder

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

9 benefícios surpreendentes das amêndoas para a saúde

As amêndoas têm sido valorizadas desde a antiguidade como uma das oleaginosas mais desejadas pela humanidade! Elas eram populares nas dietas de antigos egípcios e populações indígenas.

Antigos médicos ayurvédicos indianos acreditavam até que as amêndoas eram capazes de aumentar a capacidade cerebral, intelectual e a longevidade…

Hoje, os benefícios da nutrição das amêndoas são elogiados em todo o mundo e usados ​​de várias maneiras: como suplementos alimentares, consumidas cruas como um lanche saudável, como ingrediente base da manteiga de amêndoa, como farinha e até mesmo em loções corporais e fragrâncias.