Relações sustentáveis: o nosso futuro depende disso!

A palavra sustentabilidade é tão versátil, ambígua e subjetiva! É uma questão complexa com diversas abordagens. Como sustentar, conservar, proteger e manter o equilíbrio tanto nas nossas relações comerciais quanto com o nosso planeta?
Share on facebook
Share on twitter

A palavra sustentabilidade é tão versátil, ambígua e subjetiva!

É uma questão complexa com diversas abordagens.

Como sustentar, conservar, proteger e manter o equilíbrio tanto nas nossas relações comerciais quanto com o nosso planeta?

É essa a reflexão que abordaremos neste texto!

Afinal, o que é sustentabilidade?

Fomos buscar a fundo a definição desta palavra e o que encontramos foram diversos pontos de vista como:

– “Uma técnica de desenvolvimento que resulta na melhoria da qualidade de vida e simultaneamente na minimização dos impactos ambientais negativos”. (MEADOWS;MEADOWS;RANDERS, 1992 apud SILVA et al, 2016, p. 77).(1)

– Segundo Dias (2011 apud SILVA et al, 2016, p. 77-78) ,

a sustentabilidade é dividida em três dimensões: econômica, social e ambiental, considerando-se em termos econômicos, as organizações têm que ser economicamente viáveis, face ao seu papel na sociedade e que deve ser cumprido levando em consideração o aspecto da rentabilidade […]. Em termo social, a organização deve proporcionar boas condições de trabalho, empregos, inclusão social para combater a desigualdade; e em questão ambiental, a empresa deveria pautar-se pela ecoeficiência, preocupar-se com os impactos gerados pelo uso dos recursos naturais e pelas emissões de poluentes. (1)

– “Sustentabilidade é consequência de um complexo padrão de organização que apresenta cinco características básicas: interdependência, reciclagem, parceria, flexibilidade e diversidade. Se estas características foram aplicadas às sociedades humanas, essas também poderão alcançar a sustentabilidade”. (CAPRA, 2006, apud ROSA, 2007).(2)

relacoes-sustentaveis-o-nosso-futuro-depende-disso

A importância do propósito relações sustentáveis

Atualmente, essa palavra tem sido usada com mais frequência, já reparou? “Qual o seu propósito?”

A busca por ele e pelo autoconhecimento está cada vez mais sendo propagada tanto no âmbito pessoal quanto no corporativo. Por que será?

De acordo com o dicionário Michaelis, a palavra “propósito” é definida como:(3)
– a intenção de fazer ou deixar de fazer alguma coisa; desígnio, plano, projeto, vontade;

– decisão após consideração e várias possibilidades; deliberação, resolução;

– objeto que se tem em vista; meta, mira;

– bom senso.

Para desenvolver relações duradouras e sustentáveis, desde funcionários a clientes, fornecedores e, até com o planeta, é preciso alinhar as intenções, os projetos, os valores, as metas e diversos outros fatores essenciais para que todos estejam em sintonia a fim de atingir objetivos em comum. É preciso saber onde querem chegar e como isso deve ser feito.

Liderar uma organização de forma sustentável gera novos desafios para os líderes e tomadores de decisões, pois cabe a eles difundirem o conceito nos mais diferentes níveis da empresa para que todas as partes envolvidas o coloquem em prática e incorporem em suas rotinas.(1)

Desenvolvimento sustentável

A sociedade moderna tem acordado para os problemas sociais e ambientais, repensando o mero crescimento econômico e indo em busca de alternativas que o conciliem com a preservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida.

José Pepe Mujica (apud  BORTOLON; MENDES, 2014), na reunião mundial sobre desenvolvimento sustentável na Rio+20, disse que “a humanidade não veio ao mundo para se “desenvolver”de modo geral e infinitamente, mas sim para ser feliz!” (4)

O consumo exagerado agride o planeta, pois ele incentiva a curta durabilidade das coisas para que se venda muito. Ainda de acordo com Mujica (apud  BORTOLON; MENDES, 2014), “não será preciso um crescimento econômico, mas, uma decisão política de se construir outra ‘cultura’”.(4)

Para Rodrigo C. Rocha Loures (apud  BORTOLON; MENDES, 2014),

torna-se evidente que o conceito de sustentabilidade está ligado à questão ambiental, mas não se reduz a ela. A sustentabilidade é uma temática vinculada a cultura, à sociedade e ao próprio ser humano. Está associada ao compromisso social e relacionada ao processo participativo de construção no qual as instituições, sociedade civil e outros grupos encontram espaço para exercer o seu papel de representação […].(4)

relacoes-sustentaveis-o-nosso-futuro-depende-disso

A nossa alma é Vital para relações sustentáveis com pessoas e com o planeta!

Se você acessar o “quem somos”, aqui no nosso site, vai encontrar o nosso manifesto que, resumidamente, consiste em dizer que a nossa alma é ajudar você cuidar da sua saúde, estimulando a experiência do auto cuidado e do resgate do amor próprio. Queremos inspirar as pessoas a se olharem e verem que podem ter mais qualidade de vida e, quando dizemos se olhar, é de dentro para fora.

A saúde plena, vai muito além do universo físico – ela deve vibrar em cada uma de nossas células, passando por nossos órgãos, nosso Ser, nossa família, comunidade e todo o planeta.

Para nós, para construir relações sustentáveis, é preciso ter ética, integridade, transparência, visão colaborativa e olhar para as pessoas e para o planeta com consciência e amor.

Momentos inesperados, que fogem do nosso controle e que podem parecer assustadores como este em que estamos vivendo devido à pandemia podem ser encarados como uma “oportunidade” para repensarmos muito a nossa maneira de viver, como é a relação que temos com o consumo desenfreado e como está o nosso senso de solidariedade com a comunidade na qual estamos inseridos. Que tal?

Para questionar-se e refletir:

  • Será que preciso disso tudo? Tantas roupas, calçados e objetos.
  • Estou olhando para as pessoas ao meu redor que foram mais afetadas que eu neste momento? Elas precisam de mim? Como posso ajudá-las?
  • Como estou cuidando da minha saúde, imunidade e alimentação?
  • Como estou ajudando o planeta a ser um lugar melhor para ser habitado?

Entenda em que você pode melhorar e como é possível contribuir para a construção de relações sustentáveis, duradouras, empáticas e fundamentadas naquilo que mais importa: o amor à vida e ao planeta.

FONTES: 
  1. SILVA, Daniela et al. A importância da sustentabilidade para a sobrevivência das empresas. Empreendedorismo, Gestão e Negócios. V. 5, n. 5, p-74-91, 2016. Disponível em <http://fatece.edu.br/arquivos/arquivos%20revistas/empreendedorismo/volume5/5.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. BACHA, Maria de Lourdes; SANTOS, Jorgina; SCHAUN, Angela. Considerações teóricas sobre o conceito de sustentabilidade. VIII Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. 2010. Disponível em <https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos10/31_cons%20teor%20bacha.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. PROPÓSITO. In: MICHAELIS. Editora Melhoramentos, 2020. Disponível em <http://michaelis.uol.com.br/busca?id=7mw7W>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. BORTOLON, Brenda; MENDES, Marisa Schmitt Siqueira. A Importância da Educação Ambiental para o Alcance da Sustentabilidade. Revista Eletrônica de Iniciação Científica. Itajaí, Centro de Ciências Sociais e Jurídicas da UNIVALI. v. 5, n.1, p. 118-136, 2014. Disponível em <https://www.univali.br/graduacao/direito-itajai/publicacoes/revista-de-iniciacao-cientifica-ricc/edicoes/lists/artigos/attachments/984/arquivo%206.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Alimentos que “empoderam” seu cérebro

Você sabia que as chaves para um cérebro saudável e memória forte podem estar em sua cozinha? Sim, cada vez mais, pesquisas estão mostrando uma conexão direta entre o que comemos e o risco de desenvolver Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.