Saiba porque cozinhar não é apenas preparar alimentos

Você chega em casa morrendo de fome, senta na mesa para almoçar e lá está sua comida preferida. Você come tudo se deliciando com cada garfada e depois vem a satisfação. É uma delícia né? Mas saiba que além de nutrir o corpo, uma refeição pode alimentar a alma, reforçar os laços familiares e ainda ser um grande aprendizado. Ao se alimentar ou cozinhar você pode:
Share on facebook
Share on twitter

Você chega em casa morrendo de fome, senta na mesa para almoçar e lá está sua comida preferida. Você come tudo se deliciando com cada garfada e depois vem a satisfação. É uma delícia né? Mas saiba que além de nutrir o corpo, uma refeição pode alimentar a alma, reforçar os laços familiares e ainda ser um grande aprendizado. Ao se alimentar ou cozinhar você pode:

1 – Praticar a gratidão

Você já parou para pensar em tudo o que foi preciso para que você fizesse essa refeição reparadora? Pense bem: desde o produtor rural, o entregador, o repositor do supermercado e a pessoa que levou as compras para casa e cozinhou, tudo dependeu deles. Mas o mais importante de tudo isso foi QUEM preparou seu prato. Isso porque cozinhar é um grande ato de amor! Segundo a mestre e terapeuta da arte da culinária, Julie Ohana, há uma enorme quantidade de reforço de confiança e vontade de nutrir as pessoas que amamos. Então lembre-se de agradecer por todos que tornaram possível sua refeição!

2 – Reforçar os laços

O terapeuta de artes culinárias Michal AviShai, explica que “quando cozinhamos para os outros, nos sentimos bem por fornecer algo que nossos entes queridos precisam para sobreviver”. Já o pesquisador Matthew Riccio, da National Science, diz que “ao cozinhar, promovemos um senso de confiança na comunidade, bem como o sentimento de pertença, proximidade e intimidade. Tudo isso está vinculado ao aumento da felicidade, diminuição da depressão e bem-estar geral”. Já o terapeuta de arte culinária da Universidade de Tel Aviv, Ayelet Barak Nahum, explica que “cozinhar para outros ajuda a construir e fortalecer conexões que são uma necessidade crucial dos seres humanos”;

saiba-porque-cozinhar-nao-e-apenas-preparar-alimentos-2

3 – Demonstrar amor e cuidado

“Ao cozinhar para alguém, mesmo que a pessoa não esteja presente, você está expressando seu amor e seu cuidado”, diz Ayelet. Além disso, segundo Riccio, cozinhar é uma atividade muito íntima: “fornecendo às pessoas algo de que elas realmente precisam, você está mostrando que elas têm seu apoio e amor. Isso promove bem-estar, crescimento positivo e proximidade dentro dos relacionamentos”.  

Segundo Nedra Shield, assistente social do Northampton Center for Couples Therapy, “há um elemento de cuidado na culinária. Ao preparar uma comida saudável, você demonstra cuidado não só com você, mas também com a pessoa que vai dividir a refeição. Ou seja, cozinhar também pode ajudar a aumentar a autoestima e a confiança”. Pense na pessoa que vai à feira ou ao supermercado: ela sempre vai escolher os melhores legumes, as verduras mais fresquinhas e tomar todos os cuidados com a higiene durante o preparo dos pratos;

saiba-porque-cozinhar-nao-e-apenas-preparar-alimentos-1

4 – Treinar a concentração e reviver memórias afetivas

Ao trabalhar com crianças, o terapeuta Michal AviShai percebeu que cozinhar é uma tarefa que exige muita concentração. “Se você perder o foco, as coisas podem dar errado: vá embora por um minuto e você pode queimar as cebolas ou deixar a água do macarrão transbordar.

Além disso, a preparação de um prato pode trazer a memória de alimentos que você costumava comer com seus avós, por exemplo. “As pessoas acessam automaticamente essas memórias enquanto cozinham, pois há muitas lembranças nos sabores e aromas. É por isso que a culinária pode ser especialmente terapêutica, e reconectar-se com essas memórias é extremamente positivo”.

saiba-porque-cozinhar-nao-e-apenas-preparar-alimentos

5 – Transmitir energias

Segundo o escritor Rafael Hughes, nosso organismo é composto por 75% de água. Como os alimentos também são serem seres vivos (compostos na sua maioria por água), ao cozinhar, transmitimos nossa carga energética (positiva e negativa) para os alimentos. Esta transmissão de cargas energéticas acontece no momento em que estamos cozinhando através do pensamento, intenção, força de vontade e sentimento. Por isso é muito importante que, ao preparar os alimentos, nossa energia esteja bem positiva, pois ela será transmitida para nossos filhos, familiares e amigos através da ingestão destes alimentos.

Gostou deste conteúdo? Da próxima vez que for preparar um prato ou fazer uma refeição, lembre-se destas informações para ter um corpo e mente mais saudáveis! Ah, e divulgue para seus amigos, afinal compartilhar saúde é Vital!

Referências:
– huffpost.com/entry/benefits-of-cooking-for-others
– huffpost.com/entry/baking-for-others-psychology
– www.ncbi.nlm.nih.gov Nestlé Research Centre, Vers-chez-les-Blanc, PO Box 44, CH-1000, Lausanne 26, Switzerland.
– wsimag.com/pt/bem-estar/20641-energia-chi

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Alimentos que “empoderam” seu cérebro

Você sabia que as chaves para um cérebro saudável e memória forte podem estar em sua cozinha? Sim, cada vez mais, pesquisas estão mostrando uma conexão direta entre o que comemos e o risco de desenvolver Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.

O poder transformador da colaboratividade para o planeta

“Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo”. – Provérbio Africano.
É com essa frase que você, provavelmente, já ouviu em algum lugar, que iniciamos uma reflexão sobre o poder da colaboratividade em transformar o mundo em um lugar melhor tanto para os seres humanos em suas individualidades quanto para a vivência em sociedade como isso é essencial para o planeta que queremos deixar para as próximas gerações