Você sabe como escolher um bom Ômega 3?

Não compre gato por lebre! A nutricionista Alessandra Goettems vai te dar algumas dicas de como escolher um Ômega 3 de qualidade e não gastar dinheiro à toa.
Share on facebook
Share on twitter

Não compre gato por lebre! A nutricionista Alessandra Goettems vai te dar algumas dicas de como escolher um Ômega 3 de qualidade e não gastar dinheiro à toa.  

  • Observe sempre a quantidade de EPA e DHA por cápsula. Os melhores produtos possuem esta informação bem visível no rótulo.
  • Lembre-se de checar se é isento de metais tóxicos (geralmente os bons produtos informam isso de forma bem destacada na embalagem)
  • Um Ômega 3 de boa qualidade sempre terá vitamina E na cápsula, para agir como antioxidante.
  • Sessenta doses de um bom ômega 3 (no Brasil) não sai por menos de 60 reais. Desconfie se encontrar mais barato! Os óleos mais baratos na maioria das vezes não atendem a esses pré-requisitos que comentei.

Fica a dica: não use ômega 3 sem supervisão de médico ou nutricionista, você (e seu bolso) podem se dar mal, afinal, ele não é isento de efeito colateral…e principalmente se for de má qualidade!

9 comentários em “Você sabe como escolher um bom Ômega 3?”

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Prevenção das doenças cerebrais

As doenças cerebrais estão entre as enfermidades do corpo mais incapacitantes e temidas pelas pessoas, porque danificam as funções cerebrais responsáveis, pela atividades motoras, sensitivas, fala, audição, visão, olfato, tato, raciocínio, julgamento, pensamento, comportamento e sentimento. As doenças cerebrais promovem a interrupção das conexões mente-corpo. Desencadeia muito sofrimento, perdas, dor, incapacidade física, psíquica, gera transtornos temporários ou definitivos. Por isto, é prudente as pessoas tomarem consciência, das possíveis causas das doenças cerebrais, e atuar sempre de modo preventivo.

Seus ossos merecem atenção

Você provavelmente já deve ter escutado que os ácidos graxos ômega 3 nas formas de EPA e DHA ajudam a reduzir o risco de doença cardiovascular, certo? E você sabe que essas gorduras especiais também podem oferecer proteção contra o declínio cognitivo associado à idade e a doença de Alzheimer, não é mesmo?

Mas você sabia que os ácidos graxos ômega 3 também desempenham um papel fundamental na proteção da saúde de nossos ossos?