Atleta: saiba como melhorar sua recuperação muscular após os treinos

Sabemos que os atletas têm um treinamento intenso por isso é muito importante que eles saibam como recuperar os músculos após os treinos, pois a carga nas fibras musculares é grande.
Share on facebook
Share on twitter

Sabemos que os atletas têm um treinamento intenso, muito superior àquele em que as pessoas praticam nas academias ou nos parques.

Por isso é muito importante que eles saibam como recuperar os músculos após os treinos, pois a carga nas fibras musculares é grande. 

Então o que fazer? Na verdade, o que o atleta faz entre os treinamentos faz toda a diferença para preservar os músculos e até fazer com que eles se desenvolvam mais e melhor

Como assim?

Primeiro vamos falar sobre o que NÃO fazer!

1 – Treinar demais e não dar um tempo para o corpo descansar.

Atleta: seu corpo precisa descansar para crescer. Seus músculos não crescem quando você está se exercitando, mas sim quando enquanto você dorme, descansa e se recupera. Portanto, não treine demais.  Descanse pelo menos de um a dois dias por semana para que seus músculos relaxem completamente.

2 – Consumir grandes quantidade de açúcar e “fast food”

atleta-saiba-como-melhorar-sua-recuperacao-muscular-apos-os-treinos-2

Dificilmente, se você é atleta, vai ingerir alimentos com muito açúcar ou “fast foods”. Entretanto, se não consegue resistir a estes alimentos, está causando inflamações que irão retardar sua recuperação muscular. O mesmo vale para alimentos fritos em óleos hidrogenados: eles vão desencadear inflamações causadoras de doenças e desacelerar sua recuperação muscular.

3 – Não faça movimentos isolados

Se quer desenvolver mais músculos, faça mais movimentos compostos, que são aqueles que trabalham vários grupos musculares. Entre eles estão: agachamento com barra, supino com barra, ombros com halteres e abdominais.  

 

E como melhorar a condição dos músculos de forma adequada?

Omega-3 for you

1 – A primeira providência é consumir alimentos anti-inflamatórios como os que contêm ácidos graxos ômega-3. Esta substância é encontrada em peixes gordos de mares gelados como atum, anchova, arenque, sardinha e salmão selvagem e sementes de chia, linhaça, nozes.

Você também pode obter o ômega 3 através de bons suplementos que contêm a quantidade de nutrientes ideal para suas necessidades diárias e são fáceis de incorporar na rotina

2 – Você também deve ingerir muitas proteínas e aminoácidos. Logo após o treino, você pode fazer uso de  aminoácidos de colágeno e proteína de soro de leite de boa qualidade para melhorar a saúde e força. Eles são ideais para ajudar na recuperação muscular após o treino.

 3 – Insira mais frutas e vegetais em sua dieta. Isso porque, além das proteínas, você também precisa das vitaminas e minerais das frutas e legumes. O ideal é ingerir de cinco a dez porções de frutas e legumes por dia.

VEJA TAMBÉM: BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3 QUE TODOS ATLETAS PRECISAM CONHECER! 

 

Lembre-se é fundamental que você siga  as recomendações do seu treinador. Ele conhece seu corpo, suas necessidades e objetivos e poderá lhe passar o melhor treinamento. Também é importante consultar um nutricionista para que ele faça um plano alimentar específico para suas necessidades. 

Se você gostou deste conteúdo repasse-o para seus amigos, afinal compartilhar saúde é Vital!

 

 

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Aproveite os benefícios de ficar ao ar livre mesmo em dias frios

Você é daquelas pessoas que quanto mais o tempo esfria, mais quer ficar em casa? A maioria é assim: prefere ficar no aconchego do lar quentinho, tomando sopas, chocolate quente e vendo filme. Não tem nada de mal nisso, mas vamos te fazer uma proposta: mesmo em dias frios, que tal sair mais de casa?

Conheça quatro substâncias indispensáveis para a saúde dos olhos

Quando você pensa em saúde dos olhos, qual a primeira coisa que lhe vêm à cabeça? Provavelmente deve ser uma consulta com um oftalmologista! E sim, você está certo! Esse profissional é responsável por cuidar da sua saúde ocular. Somente ele pode examinar, detectar doenças e prescrever o melhor tratamento, além de orientar sobre o uso de colírios e óculos de sol de boa qualidade com proteção contra os raios UV.

Conheça os coadjuvantes naturais para depressão pós-parto

Você sabia que 70% a 80% de todas as mães de primeira viagem experimentam sentimentos negativos depois do nascimento de seus filhos?

Por conta do turbilhão de hormônios, é comum que as mulheres sofram fortes alterações de humor após o parto, mas quando esse sentimento não desaparece, pode ser o início da depressão pós-parto (DPP).

Mães que passam por isso muitas vezes sentem vergonha de falar sobre este assunto, e os especialistas acham que essa condição é pouco reconhecida e negligenciada pela maioria das pessoas.